Notícias

Pioneiro no estudo sobre cirurgia plástica no Brasil ainda atua ensinando e operando

12 de agosto de 2011

O mineiro Ivo Pitanguy formou-se em medicina no final da década de 40 e foi para o exterior aprimorar os estudos sobre cirurgia. Depois de passar por diversos serviços nos Estados Unidos e Europa, o professor Ivo Pitanguy retornou ao Brasil com o desejo de transmitir a outros cirurgiões, a experiência adquirida em anos de estudo e prática internacional.

Assim, nasceu o primeiro serviço de Cirurgia da Mão da América do Sul, embrião do curso de Pós-graduação em Cirurgia Plástica. Como professor titular do Departamento de Cirurgia Plástica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e do Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas, Pitanguy integrou a Clínica à 38ª Enfermaria da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, implantando uma estrutura pioneira de formação profissional e de ensino. Desta estrutura faz parte o curso de Pós-graduação em Cirurgia Plástica, com duração de três anos, que já formou mais de 500 profissionais do Brasil e de 40 países.

O curso, desejado por médicos do mundo inteiro e que já formou 52 turmas, tem a média de 20 candidatos para cada vaga. Os interessados em fazer parte das turmas têm seu currículo analisado, realizam uma prova escrita com questões de múltipla escolha, duas dissertações e tradução de um texto médico em inglês e ainda por uma etapa de entrevista com o corpo docente do Instituto. Depois de aprovados vivenciam os três anos intensivos de estudos sobre a cirurgia plástica.

No Rio de Janeiro o Dr. Conrado d’Avila foi um dos alunos do cirurgião Ivo Pitanguy entre 2008 e 2011

O cirurgião e professor ainda atua nas salas de cirurgia e aula, atendendo pacientes e repassando seu conhecimento para os jovens médicos que buscam um futuro tão promissor quanto o dele na carreira.

Voltar


Agende sua consulta

*Não atendemos por convênios.

Please leave this field empty.


Assine a newsletter

Please leave this field empty.