Artigos

Planejando a lipoaspiração? Antes, pense se é pelas razões certas

10 de março de 2016

Perder peso é o desejo de muitas pessoas. Na maioria dos casos, essa vontade está associada à questão estética, o que leva à busca de soluções rápidas para a questão e a equívocos. Por exemplo, o de acreditar que a lipoaspiração resolve todos os problemas. Essa ideia está errada. Portanto, pense bem antes de agendar uma consulta com o cirurgião plástico, esteja certa(o) de que sairá dela com a cirurgia marcada para eliminar os quilos a mais que te incomodam.

Perder peso é a motivação errada para se submeter a cirurgia. Inclusive porque o objetivo da lipoaspiração não é promover o emagrecimento, e sim melhorar o contorno corporal. A cirurgia é realizada para eliminar gorduras localizadas, mais frequentes em regiões como barriga, flancos e quadris. E não é indicada para todas as pessoas. É por isso que, antes da cirurgia, o médico conversa com o paciente para conhecer sua motivação e expectativas com o resultado do procedimento.

O que considera a avaliação médica do paciente de lipoaspiração

Esse é um momento importante para avaliar a autoimagem do paciente e detectar sinais de expectativa irreal, ou seja, de resultados que a cirurgia não é capaz de alcançar. Serve para o cirurgião plástico analisar, além da condição física e de saúde, os aspectos psicológicos da pessoa que deseja realizar a lipoaspiração e, caso considerar pertinente, recomendar um acompanhamento psicológico pré-operatório.

Alguns sinais observados pelo médico que podem levá-lo a sugerir ao paciente que repense a submissão a cirurgia são:

O motivo

A vontade de querer se enquadrar em um padrão estético de beleza para agradar o núcleo social em que convive é percebido como o que desperta nas pessoas o desejo de ser mais magra(o) e, consequente e erroneamente, o de realizar uma lipoaspiração. Quando a motivação não parte da própria pessoa, mas está relacionada ao desejo de agradar a terceiros, pode gerar dúvidas no médico quanto a realização do procedimento. A lipoaspiração é uma cirurgia que detém riscos e requer cuidados específicos. Assim, deve ser feita quando há um interesse genuíno na pessoa em realizá-la para e por si, sem interferência externa.

A ideia fixa

Quando a pessoa está obcecada em mudar sua condição corporal, peregrina de consultório em consultório, até encontrar um cirurgião plástico que haja como gênio da lâmpada e atenda seu desejo. Felizmente são poucos os que não se preocupam com o bem-estar do paciente acima de tudo. A grande maioria consegue reconhecer a obsessão da pessoa em querer “corrigir falhas” e que gera situações insustentáveis que levam à busca incessante por objetivos que contém expectativas irreais e só aumentam o sentimento de angústia. Nesse caso, mais do que proceder a lipoaspiração, a recomendação do médico para a realização de um acompanhamento psicológico pode gerar resultados mais satisfatórios para a saúde do paciente.

As expectativas

Bons pacientes para lipoaspiração são os que possuem uma expectativa realista quanto ao resultado cirúrgico. Ou seja, sabem que a cirurgia não faz com que se perca peso, mas tem consciência de que depois de realizá-la, precisam manter o peso dentro do considerado ideal para manutenção do resultado. Mas, ocorrendo o contrário e a pessoa marcar a consulta acreditando que vai fazer a lipoaspiração e ficar com o corpo da Paola Oliveira pode acender o sinal de alerta do cirurgião. Os desejos vagos e a incompreensão dos resultados possíveis podem denotar ao cirurgião que há falta de preparo do paciente para a realização da cirurgia, levando-o a sugerir ao(à) paciente que reflita um pouco mais sobre o procedimento.

A lipoaspiração é um recurso da cirurgia plástica que pessoas que estejam incomodadas com o excesso de acúmulo de gordura podem usar para definir o contorno corporal quando a alimentação controlada e os exercícios físicos não produzem resultados satisfatórios. Realizá-la por razões pouco pessoais, além de causar insatisfação, pode trazer muitos outros transtornos.

Ao considerar se submeter à cirurgia, o melhor é informar-se antes e, até, aconselhar-se previamente com um profissional, seja ele cirurgião plástico ou um psicólogo com conhecimento técnico relacionado ao acompanhamento psicológico pré-operatório. Agendando a consulta para dirimir questões internas é possível decidir quanto a lipoaspiração com maior segurança e menos percalços.

Voltar


Agende sua consulta

*Não atendemos por convênios.

Please leave this field empty.


Assine a newsletter

Please leave this field empty.